Cursos EaD

NR33 – Supervisor (Reciclagem)


Características do curso

  1. Tutor Especialista
  2. Conteúdo e Exercícios interativos
  3. Narração Profissional
  4. Certificado

Dispositivo

  • Desktop;
  • Dispositivos Móveis.

Público-alvo

O curso foi desenvolvido para profissionais que trabalham em espaços confinados e estão apto para identificação, reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, de forma a garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.


Duração

08h 00min


Modalidade

A distância


Aproveitamento requerido

Mínimo de: 70,00%


Certificado

Possui certificado válido em todo Brasil. O Certificado é automaticamente disponibilizado para o aluno após ele concluir o curso com aprovação. Para ser aprovado neste treinamento é necessário conquistar no mínimo 70% de acertos na prova de suficiência.


Objetivo

O curso aborda as exigências legais contida na Norma Regulamentadora n°33, assim como capacitar os profissionais da área a prevenção de acidentes, procedimentos e medidas de proteção em espaços confinados, de acordo com a NBR 14787, que estabelece os requisitos mínimos para proteção dos trabalhadores e do local de trabalho, bem como os riscos de entrada em espaços confinados.


Conteúdo

Unidade 1

  • Conceitos Básico;
  • Definições de Espaço Confinado;
  • Profissionais do Espaço Confinado;
  • Responsabilidade dos Envolvidos;
  • Alertas;
  • Abandono;
  • Sistemas de Resgate;
  • Revisão.

Unidade 2

  • Objetivos;
  • O que são Riscos;
  • Tarefa e Riscos;
  • Gerenciamentod de Riscos;
  • Procedimentos e Medidas;
  • Metodologias de Análise de Riscos: Conceitos e Exercícios;
  • Reconhecimento, Avaliação e Controle de Riscos;
  • Riscos Ergonômicos;
  • Riscos no manuseio de Máquinas e Equipamentos;
  • Riscos Relativos ao Ambiente;
  • Riscos Adicionais;
  • Causas Básicas de Acidentes;
  • Permissão para Trabalho;
  • Revisão;

Unidade 3

  • O que são EPIs;
  • Tipos de EPIs;
  • Certificado de Aprovação;
  • Competências do Ministério do Trabalho e Emprego;
  • Responsabilidades do empregador e empregado;
  • Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho;
  • Equipamentos de Proteção Coletiva.
  • Revisão.

Unidade 4

  • Preenchimento da PET;
  • Programa de Entrada em Espaço Confinado;
  • Os Principais Riscos no Espaço Confinado;
  • Composição do Ar Atmosférico;
  • Funcionamento de Equipamentos Utilizados;
  • Revisão.

Unidade 5

  • Procedimentos Gerais;
  • Avaliação Inicial da Emergência;
  • Parada Respiratória;
  • Hemorragia;
  • Queimaduras;
  • Emergências Ambientais;
  • Traumas em Extremidades;
  • Emergências Clínicas;
  • Revisão.

Unidade 6

  • Simulador de RCP;

Unidade 7

  • Áreas Classificadas;
  • Identificação dos Espaços Confinados;
  • Conhecimentos sobre Práticas Seguras em Espaços Confinados;
  • Monitoramento dos Riscos Respiratórios;
  • Detectores de Gases:
  • Avaliação e Controle dos Riscos;
  • Resgate em Espaço Confinado;
  • Legislação de Segurança e Saúde no Trabalho.

Unidade 8

  • Conhecer e Avaliar a Atmosfera do Ambiente;
  • Responsabilidades do Empregador;
  • Responsabilidades do Empregado;
  • Administração do Programa de Proteção Respiratória;
  • Qualificações e Responsabilidades;
  • Procedimentos Operacionais Escritos;
  • Procedimentos para situações de Emergência e de Salvamento;
  • Adequação do Respirador ao Usuário;
  • Compatibilidade com outros EPIs

Metodologia

O curso pode ser realizado no formato EAD, Semipresencial ou à Distância. Dispõe de uma unidade de ensino totalmente interativa, desenvolvida em computação gráfica e com conteúdo acessível para todos os níveis profissionais. Possui exercícios, fórum e prova de suficiência para emissão de certificado. O aluno conta com apoio e orientação de um tutor-especialista durante todo o curso.


Responsabilidades do Empregador

A capacitação em Segurança e Saúde no Trabalho (SST) estipulada em Normas Regulamentadoras (NR) do Ministério do Trabalho, (MTb) apresenta especificidades por ser dirigida a uma relação de emprego, em que figuram o empregador e o trabalhador, sendo de responsabilidade do empregador fornecer capacitação para prevenção de doenças e acidentes de trabalho.

Geralmente as NRs estipulam carga horária, periodicidade, conteúdo programático e requisitos quanto à formação do profissional responsável pela capacitação. Assim, compete ao empregador realizar a capacitação em SST, adotando os parâmetros estipulados pela NR, sendo responsável pela organização, execução e gestão da capacitação, estando aí incluídas questões como local para realização, elaboração de material didático, o projeto pedagógico do curso, os métodos de avaliação e a seleção dos profissionais para ministrar o curso.

Como a capacitação em SST é obrigação trabalhista a ser fornecida pelo empregador a seus trabalhadores em razão dos riscos oriundos da atividade explorada, é de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implantação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis em caso de uma capacitação não efetiva ou ainda pela capacitação de má qualidade que não atenda aos requisitos da legislação.

É indispensável observar que, ainda que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EaD ou semipresencial, é salutar que toda capacitação seja adaptada à realidade de cada estabelecimento. É que o trabalhador está sendo capacitado pelo empregador para atuar em determinado espaço, logo, uma capacitação genérica não irá atender às peculiaridades de toda e qualquer atividade econômica.

O empregador responde pela capacitação quando é ministrada diretamente por membros da própria organização, ou mesmo quando a capacitação for terceirizada à empresa especializada.

Cursos EaD

NR17 – Levantamento e Transporte Manual de Cargas

Prevenção e Combate à COVID-19

NR17 – Ergonomia