Notícias

 Ergonomia
29/04/2021

Como montar um escritório ergonômico em casa?

Norma Regulamentadora 17 define critérios a serem seguidos, mas as circunstâncias presentes na casa ditam as condições de trabalho


A pandemia de Covid-19 obrigou muitas pessoas a transformarem suas casas em uma extensão do trabalho. Quartos de hóspede tornaram-se escritórios, mesas de jantar ganharam um novo propósito e as atividades laborais passaram a conviver com aulas e afazeres domésticos. Foi preciso se adaptar para atender às demandas, sem perder a produtividade e mantendo o bem-estar e as condições de ergonomia que existiam na empresa.

Algumas regras, porém, devem ser seguidas nesse processo de adaptação da casa. A reforma trabalhista de 2017 regulamentou algumas questões relativas ao home office, entre elas as que envolvem a ergonomia. De acordo com a legislação, cabe à empresa oferecer os meios ideais para que o empregado realize suas funções de forma apropriada. Isso envolve, inclusive, o cumprimento da Norma Regulamentadora 17 (NR 17).

A NR 17 determina que a empresa deve realizar a análise ergonômica do posto de trabalho e, se o ambiente for considerado impróprio, ela deverá trocar o mobiliário e o que mais for necessário para o conforto ergonômico do empregado. De acordo com a legislação, é preciso observar os seguintes pontos:

  • Para o trabalho manual sentado, as mesas devem proporcionar ao trabalhador condições de boa postura, visualização e operação, com características dimensionais que possibilitem um movimento adequado do corpo.
  • Os assentos devem possuir altura ajustável à estatura do trabalhador e à natureza da função exercida, com regulagem para o apoio para braços, pouca ou nenhuma conformação na base do assento, borda frontal arredondada e encosto com forma levemente adaptada ao corpo para proteção lombar.
  • As telas dos computadores devem ter mobilidade suficiente para permitir o ajuste à iluminação do ambiente, protegendo contra reflexos e proporcionando o ângulo correto de visibilidade.
  • O monitor deve estar posicionado no nível dos olhos ou um pouco abaixo deles, a pelo menos 20 cm de distância. A cabeça e o tronco devem permanecer retos a todo momento.
  • O teclado deve ser independente e ter mobilidade, permitindo o ajuste de acordo com as tarefas executadas.
  • A tela, o teclado e o suporte para documentos devem ser colocados de maneira que as distâncias olho-tela, olho-teclado e olho-documento sejam aproximadamente iguais.
  • A iluminação geral deve ser uniformemente distribuída e difusa, projetada de forma a evitar ofuscamentos, reflexos incômodos, sombras e contrastes excessivos.

Home office em casa

Por mais que o título pareça redundante, a prática tem mostrado que muitas pessoas estão precisando adaptar o que têm em casa para fazer o home office. Às vezes, as condições não são as melhores, porém é preciso fazer um esforço consciente para que o trabalho se torne o mais confortável possível diante da situação vivida.

O primeiro passo é escolher bem o local em que será montado o escritório. Se ele puder ser feito em um espaço próprio, melhor. Assim é possível criar uma separação mental de onde começa o trabalho e onde começa o ambiente familiar. Além disso, precisa ser um local ventilado e com boa iluminação, garantindo os requisitos mínimos previstos na NR 17.

A mesa utilizada precisa de uma profundidade adequada para a movimentação dos materiais e das pernas, além de permitir que as pernas e os cotovelos fiquem sempre em um ângulo de 90 graus na hora de digitar. Improvisar um apoio para pés, seja com uma caixa ou um banquinho, também é uma boa opção. Também é preciso que o monitor fique na altura dos olhos, nem que para isso ele precise ser suportado por alguns livros.

As cadeiras costumam ser um problema, pois não é comum ter cadeiras que sigam todas as regras de ergonomia em casa. Com algumas almofadas e um apoio para braço acoplado à mesa, porém, é possível dar um pouco mais de conforto para esse trabalho. O importante é garantir que as regras de ergonomia sejam seguidas e você não sofra as consequências no longo prazo.

Ergonomia na prática

Para mais informações sobre como adaptar a casa de seus funcionários ou a sua casa para o home office, venha conversar com a gente. A Sercon possui 30 anos de experiência na área de Segurança e Saúde do Trabalho para ajudar você a evitar doenças e acidentes ocupacionais gerados pela má postura. Clique no botão abaixo e veja como podemos te ajudar.

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Mais Notícias

 Medicina do Trabalho

26/08/2021
Vacina contra a Covid-19 é obrigatória nas empresas?
Entenda a importância da vacinação e conheça as decisões acerca da obrigatoriedade

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Entrada em vigor das novas normas regulamentadoras é adiada para 2022
Saiba quais foram incluídas no cronograma anunciado pelo governo federal

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
SST na mineração: obrigações das empresas
Como manter trabalhadores protegidos em um setor essencial para a economia brasileira

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Limites de tolerância a ruídos no trabalho
O que a legislação diz sobre o tema e como as empresas podem se adequar