Notícias

 Fonoaudiologia
01/09/2016

Aquecimento e desaquecimento vocal

Entenda para que servem e quem deve praticá-los


Se a voz é o principal instrumento de comunicação para o ser humano, é preciso cuidar bem dela. Profissionais da voz devem ter atenção redobrada e adotar o aquecimento e o desaquecimento vocal como parte de sua rotina, a fim de evitar alterações e, em casos extremos, o comprometimento do instrumento de trabalho.

O aquecimento serve para preservar a saúde do aparelho fonador, aumentar a temperatura muscular e o fluxo sanguíneo, além de favorecer a vibração adequada das pregas vocais. Os exercícios devem ser realizados sempre que se for projetar a voz, durante 10 a 15 minutos.

Já o desaquecimento é mais curto: deve durar apenas 5 minutos, em média. Mas é também fundamental, pois nele o indivíduo traz de volta a voz ao ajuste de emissão coloquial. Exercícios tanto de aquecimento como de desaquecimento contribuem para a manutenção de uma voz saudável, evitando que o indivíduo tenha problemas de voz ao longo da vida.

No entanto, fique atento! Cada indivíduo responde de um modo aos exercícios fonoaudiológicos.  Apenas um profissional da área é capaz de determinar quais exercícios devem ser feitos em cada situação por determinada pessoa.

Mais Notícias

 Medicina do Trabalho

26/08/2021
Vacina contra a Covid-19 é obrigatória nas empresas?
Entenda a importância da vacinação e conheça as decisões acerca da obrigatoriedade

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Entrada em vigor das novas normas regulamentadoras é adiada para 2022
Saiba quais foram incluídas no cronograma anunciado pelo governo federal

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
SST na mineração: obrigações das empresas
Como manter trabalhadores protegidos em um setor essencial para a economia brasileira

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Limites de tolerância a ruídos no trabalho
O que a legislação diz sobre o tema e como as empresas podem se adequar