Notícias

 Eng. de Segurança do Trabalho
23/04/2018

Abril verde: reflexões sobre segurança do trabalho

Ações de conscientização são realizadas durante todo o mês para mostrar a importância do tema para empresas e empregados


A cada 20 minutos, cinco pessoas morrem devido a acidentes ocupacionais em todo o mundo. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), são cerca de 2,3 milhões de acidentes fatais registrados anualmente, além de 300 milhões que deixam feridos. Em 28 de abril, Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho, o problema é lembrado.

A data foi escolhida em homenagem aos 78 empregados que morreram em uma explosão de mina na cidade de Farmington, nos Estados Unidos, em 1969. No Brasil, a data começou a ser celebrada em 2005, com a promulgação da Lei nº 11.121, que instituiu esse como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

Pela representatividade da data, abril foi escolhido para concentrar todas as discussões e dar mais visibilidade ao tema. Verde foi a cor selecionada por estar associada aos cursos da área de saúde e o símbolo da campanha é o laço verde – semelhante ao que ocorre com o outubro rosa e o novembro azul.

Nesse período, os governos e empresas promovem diversos encontros, palestras, seminários, campanhas e mobilizações para mostrar a importância de se discutir o assunto. Organizações e empregados são convidados a refletir sobre como podem contribuir para a melhoria do ambiente de trabalho e evitar que se percam vidas por acidentes que poderiam ser evitados.

Governo em ação

Para alertar a todos sobre a importância da segurança no trabalho, o Ministério Público do Trabalho (MPT) está lançando uma série de vídeos em sua página do Facebook. A campanha “Não vire manchete!” consiste em cinco vídeos com depoimentos de atores para promover uma reflexão sobre o tema e incentivar as denúncias ao órgão em caso de irregularidades.

“O Ministério tem procurado atuar nas principais causas de adoecimentos e mortes no trabalho em nosso país, como forma de reduzir estes alarmantes números”, afirmou o coordenador nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat) e procurador do MPT, Leonardo Osório Mendonça, durante o evento de lançamento da campanha.

Ele destacou que é importante mudar a cultura de empresários, trabalhadores e da população em geral para que todos percebam os prejuízos causados por condutas inseguras. “Todos devem perceber que a efetiva prevenção é o único caminho para redução dos números. Espera-se que esta série de vídeos auxilie nesta importante mudança cultural.”

Mais Notícias

 Medicina do Trabalho

26/08/2021
Vacina contra a Covid-19 é obrigatória nas empresas?
Entenda a importância da vacinação e conheça as decisões acerca da obrigatoriedade

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Entrada em vigor das novas normas regulamentadoras é adiada para 2022
Saiba quais foram incluídas no cronograma anunciado pelo governo federal

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
SST na mineração: obrigações das empresas
Como manter trabalhadores protegidos em um setor essencial para a economia brasileira

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Limites de tolerância a ruídos no trabalho
O que a legislação diz sobre o tema e como as empresas podem se adequar
Abrir o chat
Precisa de ajuda?