Notícias

 Medicina do Trabalho
20/12/2019

5 dicas para um fim de ano mais seguro

Excessos nas festas de fim de ano podem trazer consequências graves para a saúde e a segurança dos foliões


As festas de Natal e Ano-Novo são o momento ideal para estar com a família e os amigos e celebrar as realizações do ano que se encerra. O problema é quando essas celebrações passam do limite e afetam a saúde e a segurança das pessoas. Hábitos irregulares e exageros com comidas e bebidas são muito comuns, o que pode gerar enxaqueca, gastrite e mal-estar logo nos primeiros dias do ano.

Pensando nisso, reunimos cinco dicas para você aproveitar bem seu fim de ano e começar um novo ciclo com mais segurança:

  1. Tente manter seus horários e sua rotina

Ficar acordado a noite inteira, dormir até mais tarde e programar diversas atividades que não fazem parte do seu dia a dia. Tudo isso é muito comum durante as festas de fim de ano, mas é preciso ficar atento para não exagerar. Aproveitar um dia ou outro é normal, mas também é importante saber equilibrar a diversão com o descanso. Assim é possível evitar complicações no retorno ao trabalho ou consequências mais sérias para a saúde.

  1. Hidratação é fundamental

As festas de fim de ano ocorrem em pleno verão, com dias mais quentes e, às vezes, baixa umidade do ar. Isso faz com que o corpo elimine líquidos e sais minerais com maior velocidade, sendo necessário repô-los ao longo do dia para evitar a desidratação. Além disso, o maior consumo de álcool nessa época também pede mais água. Ela ajuda na metabolização e na expulsão do etanol do organismo, o que contribui para evitar a famosa ressaca do dia seguinte.

  1. Atenção com a comida

Além de fazer perder muito líquido, o calor também diminui a fome das pessoas. Por isso, é recomendado não descuidar da alimentação e dar preferência a opções mais leves e de fácil digestão – como saladas, frutas e carnes magras. Já no Natal e no Ano-Novo, o problema é justamente o contrário. Com uma ceia à mesa, é difícil resistir e manter a dieta.

“Nas festas, as preparações típicas são ricas em gorduras e açúcares e, por isso, levam ao maior consumo de calorias. Por isso, é importante curtir o momento e, no dia seguinte, retomar uma alimentação balanceada, com menos calorias”, explica a nutricionista do Minha Vida, Roberta Stella. Ingerir muitas gorduras, por exemplo, pode atrapalhar a digestão e causar sintomas como azia e queimação no estômago. Já quem tem gastrite deve evitar comidas muito temperadas.

Cuidado, também, com a conservação dos alimentos. Deixá-los expostos sem a devida proteção durante um dia quente contribui para acelerar o surgimento de microrganismos que podem causar intoxicações alimentares. E, caso tenha diarreia, evite tomar medicamentos que a interrompam. Fique apenas no soro fisiológico e mantenha-se bem hidratado.

  1. Cuidado ao volante

Esta é uma época do ano em que muitos pegam a estrada para encontrar a família ou mesmo para aproveitar as festas longe de tudo. Por isso, é importante revisar o veículo, observando se está tudo certo com pneus, óleo do motor, cinto de segurança, freio, entre outros itens essenciais para a segurança.

Também é preciso atenção redobrada às regras de trânsito e aos limites de velocidade, para evitar acidentes. Além disso, tudo que foi falado até agora pode ser um perigo quando aliado à direção. A falta de sono vai prejudicar a sua concentração e o excesso de bebidas atrapalha seu senso de orientação, por exemplo. Assuma o volante só quando estiver em plenas condições para isso.

  1. Descanse

Há uma infinidade de obrigações a cumprir antes do dia 31 de dezembro. É preciso comprar presentes para o Natal, finalizar trabalhos, ocupar as crianças que estão de férias, organizar as festas, avaliar as metas traçadas para o ano e preocupar-se com as contas que chegarão em janeiro. Enfim, uma época que poderia ser utilizada para descansar pode se tornar um verdadeiro exercício de paciência.

Na medida do possível, aproveite o momento para relaxar um pouco e curtir a família e os amigos. Tente não levar trabalho para casa nesse período e encare as festas com mais leveza. Assim é possível manter a mente tranquila e entrar no próximo ano com ânimo redobrado.

Voltando ao trabalho

Após alguns dias de descanso, é hora de voltar à rotina. E as empresas precisam entender como essa quebra de ritmo impacta a produtividade e, aos poucos, trazer os empregados de volta ao ritmo normal de trabalho. Entender como isso funciona na prática é essencial para criar um ambiente mais harmônico e evitar que momentos de desatenção possam levar a acidentes de trabalho.

Se você quer mais orientações sobre como criar ações de SST exclusivas para essa época do ano, entre em contato com a gente. Nossa equipe possui quase 30 anos de experiência na elaboração de programas de Segurança e Saúde do Trabalho e pode orientá-lo melhor sobre o que deve ser feito.

Mais Notícias

 Fonoaudiologia

05/02/2021
Evite perdas auditivas com o PCA
Programa de Conservação Auditiva deve incluir medidas para promover a segurança e a saúde de profissionais expostos a ruídos ocupacionais

 Eng. de Segurança do Trabalho

05/02/2021
Ambientes insalubres: como identificar e quais ações tomar
Locais que concentram agentes nocivos à saúde do trabalhador exigem cuidados extras e podem ser considerados como insalubres

 Eng. de Segurança do Trabalho

05/02/2021
Entenda o PPR: Programa de Proteção Respiratória
Documento deve ser elaborado pelo empregador para preservar a saúde e a segurança do trabalhador e proporcionar maior qualidade de vida a todos

 Medicina do Trabalho

05/02/2021
Imunização ocupacional deve ser priorizada
Procedimento é previsto em lei e as empresas devem estar atentas ao calendário de vacinação para garantir a proteção de toda a equipe