Notícias

 Medicina do Trabalho
06/01/2017

Exercícios e boa alimentação previnem colesterol ruim

Confira dicas de como controlar níveis de gordura no sangue


O colesterol presente no sangue auxilia na estruturação das paredes das células e na produção de hormônios. É, também, peça chave para o metabolismo adequado das vitaminas A, D, E e K, também conhecidas como lipossolúveis. Além disso, ajuda na produção da bile, fluido produzido pelo fígado para digerir gorduras ingeridas. Este colesterol é conhecido como “colesterol bom” ou HDL. Contudo, a soma deste com o “colesterol ruim” (LDL), se elevada, está associada a uma série de doenças coronarianas e vasculares.

Consequências do colesterol alto
Dentre as enfermidades causadas pelo colesterol elevado estão a aterosclerose (acúmulo de gordura das artérias, que, a longo prazo, impede a passagem do sangue), infarto e acidente vascular cerebral. Há, ainda, a possibilidade de acúmulo de gordura em articulações e aparecimento de manchas amareladas em torno dos olhos (xantelasma) e descoloração em volta da córnea (arco senil).

Onde está o colesterol?
O colesterol está presente em alimentos de origem animal, como carnes, leite e seus derivados, ovos e vísceras. Também em alguns alimentos de origem vegetal, tais como a gordura proveniente do cacau e o óleo de palma. E ainda em alimentos industrializados e ultraprocessados, como congelados, embutidos (presunto, salsicha, linguiça etc.), biscoitos e salgadinhos. Esses são alimentos com altas concentrações de gordura saturada e gordura trans. Seu consumo está associado ao aumento do colesterol total e do LDL, além da redução do HDL.

Cuide-se!
Adultos devem monitorar os níveis de colesterol no sangue regularmente. Obesidade, tabagismo e consumo elevado de alimentos com sal são fatores de risco para o desenvolvimento de colesterol alto. Os especialistas da Sercon dão dicas de como evitar o acúmulo de gordura no sangue:

– Pratique atividades físicas com regularidade;
– Consuma alimentos como óleos vegetais (de soja e azeite de oliva), peixes, nozes e castanhas;
– Combine alimentos de origem vegetal como grãos, fibras, raízes, farinhas, legumes e verduras com pequenas quantidades de alimentos de origem animal;
– Dê preferência a carnes magras, como aves (sem pele) e peixes;
– Coma fibras, como as presentes nas aveias;
– Reduza o consumo de frituras;
– Evite o consumo abusivo de álcool e não fume.

Mais Notícias

 Medicina do Trabalho

26/08/2021
Vacina contra a Covid-19 é obrigatória nas empresas?
Entenda a importância da vacinação e conheça as decisões acerca da obrigatoriedade

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Entrada em vigor das novas normas regulamentadoras é adiada para 2022
Saiba quais foram incluídas no cronograma anunciado pelo governo federal

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
SST na mineração: obrigações das empresas
Como manter trabalhadores protegidos em um setor essencial para a economia brasileira

 Eng. de Segurança do Trabalho

26/08/2021
Limites de tolerância a ruídos no trabalho
O que a legislação diz sobre o tema e como as empresas podem se adequar